O parque erótico terá Roda gigante privê, trem fantasma erótico, piscinas e labirinto também com motivos sexuais. Os equipamentos são algumas das atrações que fazem parte de um projeto inusitado e ambicioso: o “Erotikaland”, um parque temático previsto para ser construído até o final de 2017 na região de Piracicaba (SP). Com orçamento de até R$ 150 milhões, a “Disney do sexo”, como definem os idealizadores, pretende ser um complexo para homens e mulheres que queiram se divertir e passar por experiências ligadas apenas ao tema.

Não é para ir freiras, mas também não vai ser Sodoma e Gomorra”, diz Mauro Morata

De roda gigante com cápsulas de vidro onde o casal enxerga tudo o que está em volta, mas ninguém de fora vê com o que acontece dentro dela, até restaurantes com pratos afrodisíacos e piscinas de naturismo estáo previstos no projeto. A “sexolândia” foi idealizada pelos empresários de São Pedro (SP) Mauro Morata e Paulo Meirelles, em parceria com Evaldo Shiroma, responsável por uma feira erótica do estado de São Paulo.

Parque Erotico

Os proprietários estão empolgados com a idéia. Logo logo chega a inauguração!

De acordo com Morata, o parque erótico será construído em uma área de 150 mil metros quadrados, que já foi adquirida. No entanto, a localização exata do terreno não foi informada com a justificativa de “não despertar curiosidade”. A ideia do projeto é receber de três a cinco mil visitantes por dia. “Estamos em processo de início da construção, só posso dizer por enquanto que será na região de Piracicaba”, disse o empresário.

O empresário afirmou que a maior parte do capital de R$ 150 milhões da construção do parque será usada para investimento em segurança e higiene. O restante será destinado à obra, implantação dos equipamentos e contratação de funcionários. A estimativa é contratar de 150 a 300 pessoas para trabalhar no local.

Antes de iniciar a construção do parque erótico, o terreno precisou passar por todas as aprovações necessárias para um empreendimento deste porte. “Já temos tudo apalavrado com as Prefeituras e órgãos competentes, só falta oficializar. É uma área privada e não será nada ilícito, vamos precisar das aprovações normais que qualquer outro parque de diversões precisaria”, explicou Morata.

Parque Erotico

Obras de arte no meio do parque são uma promessa dos proprietários como esta.

Conheça a seguir as principais atrações deste parque erótico:

Cinema 7D: essa tecnologia já existe em alguns parques de diversões do país. Durante a projeção, as cadeiras e o ambiente transmitem as sensações do filme à plateia, como calor, frio e vibrações.

Roda gigante: em vez de cadeiras, haverá cabines fechadas, cobertas com um material que permite ver a paisagem, mas sem ser visto.

Trem dos prazeres: um “trem-fantasma erótico”, mas no lugar das assombrações, haverá go-go boys e go-go girls.

Hotel: o usuário poderá se hospedar no local por um dia ou por algumas horas, como um motel. Também terá centro de convenções.

Museu erótico: segue a linha de parques como o Love Land, na Coreia do Sul. Vai abrigar uma exposição permanente de arte erótica, além disso, algumas esculturas decorarão o local.

Parque aquático: uma atração temática com toboáguas e brinquedos surpreendentes.

Erotic games: nos moldes do Playland, mas com jogos eróticos.

Nós da equipe Area Vip Brasil estamos esperando ansiosos para poder ir testar este parque de verdade. Será que vai ser sensual e erótico mesmo?

Cadu Burko